1 foto, 10 anos atrás, tornou a saltadora com vara Allison Stokke uma sensação viral

PUBLICADO EM 05/10/2021
ANÚNCIO

É natural querer ser reconhecido por seu talento, motivação e trabalho árduo. Mesmo assim, o que acontece no momento em que você se torna famoso por algo sobre o qual não tem controle? Quando Allison Stokke tinha apenas 17 anos de idade, essa era sua realidade. A sua vida e carreira atlética saíram de controle quando uma foto a tornou uma sensação viral da noite para o dia.

Uma espírito competitivo

A nativa da Califórnia, Allison Stokke, foi criada em uma família esportiva. Uma vez que o seu irmão mais velho, David, era um ginasta competitivo nacionalmente classificado. Todos presumiram que a sua irmã iria seguir o exemplo, no entanto, essa garota tinha outros planos.

Uma espírito competitivo

Uma espírito competitivo

Paixão por salto com vara

A ginástica acabou não sendo o seu forte, mas o salto com vara, por outro lado, roubou o seu coração. No momento em que ela experimentou o esporte radical, ela foi fisgada. Com apenas 15 anos de idade, a atleta já batia recordes próprios.

Paixão por salto com vara

Paixão por salto com vara

Quebrando recordes

Allison era uma das mais jovens que o esporte já tinha visto, mas isso não a impediu. No colégio, a estrela levou para casa um título americano ao estabelecer um recorde de 3,90 metros de altura.

Quebrando recordes

Quebrando recordes

Modelo nos tempos vagos

Além de quebrar recordes e chocar o mundo todo, Stokke também é muito bonita. Durante o último ano do ensino médio, ela se tornou modelo de meio período. Com a sua constituição atlética e boa aparência, nós não estamos surpresos!

Modelo nos tempos vagos

Modelo nos tempos vagos

Ficando cada vez melhor

Quando ela estava apenas começando a sua carreira no ensino médio, Stokke, infelizmente, quebrou a perna. Mesmo assim, antes do trágico acidente, ela já era conhecida no esporte. Depois de sua formatura no ensino médio, ela quebrou o seu próprio recorde com um salto de 4,12 metros de altura, classificando-se em 8º no campeonato nacional de juniores nos Estados Unidos da América.

Ficando cada vez melhor

Ficando cada vez melhor

Uma mulher objetificada

‘With Leather’, agora chamado ‘UPROXX’, é um blog muito conhecido de esportes que possui uma grande base de fãs masculinos. Este site viral tinha uma tendência a objetificar as mulheres, principalmente as do esporte. Era apenas uma questão de tempo até que as pessoas por trás dele se concentrassem em Stokke. Isso foi no ano de 2007.

Uma mulher objetificada

Uma mulher objetificada

O lugar onde tudo começou

Durante aquele mesmo ano, um jornalista que trabalhava para um site de atletismo da Califórnia tirou uma foto do salto com vara em uma competição de Nova York. Logo em seguida, a foto de Allison Stokke foi colocada online, ela logo acabou parando no blog With Leather.

O lugar onde tudo começou

O lugar onde tudo começou

Fazendo rondas na Internet

O fotógrafo que tirou a foto não gostou do fato de as pessoas estarem usando o seu trabalho sem permissão. Isso é especialmente verdadeiro no momento em que eles o usavam com um título que dizia “Salto com vara é sexy, pouco legal”. Ele até ameaçou processar o dono do blog se eles não o retirassem. Infelizmente, a foto já havia se espalhado em outros lugares da Internet.

Fazendo rondas na Internet

Fazendo rondas na Internet

O começo do seu clube de fãs

Stokke então se tornou um tema de tributo. Lá, colocaram imagens dela durante as competições de salto com vara de que em que já participou. Em seguida, as fotos circularam nas redes sociais. Vários sites de fãs também surgiram e acabaram ganhando milhares de seguidores devotados.

O começo do seu clube de fãs

O começo do seu clube de fãs

Entendo tudo errado

Stokke, junto com a sua família, esperava que a sua fama não passasse de uma fase. Uma vez que, eles sabiam o quão curto era o período de atenção da Internet. Infelizmente, eles não poderiam estar mais errados. Este foi  só o começo da provação que estava por vir.

Entendo tudo errado

Entendo tudo errado

Atenção Internacional Não Desejada

Em apenas algumas semanas, as suas fotos se tornaram o assunto da atenção mundial. Como prova do quão grande a coisa toda se tornou, publicações famosas tais como a BBC, Der Spiegel, Los Angeles Times, The Sydney Morning Herald, The New York Times e The Washington Post escreveram artigos para falar sobre a sua fama indesejada.

Atenção Internacional Não Desejada

Atenção Internacional Não Desejada

Cruzando a linha

Alguns sites de fãs eram sobre os seus atributos físicos. Milhões de consultas de mecanismo de pesquisa. Inúmeros pedidos de fotos e e-mails. Veja bem, você pode imaginar ter que lidar com tudo isso em uma idade tão jovem? A jovem se tornou um símbolo sexual totalmente contra sua vontade. Ela também teve que lidar com a obsessão de certos fãs baseados em sua aparência  física!

Cruzando a linha

Cruzando a linha

Pedindo ajuda profissional

Por fim, chegou a um ponto em que ela e a família perceberam que a situação estava ficando completamente fora de controle. Eles não conseguiram resolver o problema sozinhos, e foi por esse motivo que decidiram contratar um consultor de mídia para lidar com tudo isso.

Pedindo ajuda profissional

Pedindo ajuda profissional

Voltando ao caminho certo

Alisson Stokke tentou redirecionar a atenção da Internet para sua carreira atlética de sucesso, em vez de sua aparência física. Ela participou de uma entrevista sobre técnicas de salto com vara. No momento em que o link foi colocado no YouTube, teve mais de cem mil acessos.

Voltando ao caminho certo

Voltando ao caminho certo

O mesmo de sempre

Infelizmente, a seção de comentários dessa entrevista provou que demoraria muito mais do que isso. Em vez de falar sobre as suas incríveis conquistas esportivas, a maioria deles discutiu o desejo sexual da adolescente.

 O mesmo de sempre

O mesmo de sempre

Hora de intervir

Por ventura, o seu pai Allan teve que intervir. Ele era na verdade um advogado praticante! Ele começou a examinar todos os comentários da Internet na tentativa de encontrar algo ilegal. Pois bem, com toda a probabilidade, ele esperava fechar todos os chamados sites de “fãs” dedicados à sua talentosa e jovem filha.

Hora de intervir

Hora de intervir

O que a CBS fez

É importante lembrar que a pobre menina tinha apenas 17 anos de idade no momento em que a famosa foto foi publicada e depois sexualizada. O jornal CBS se encarregou de levar ao ar uma história que enfocou as lutas que ela passou. Eles fizeram isso para mostrar todos os perigos que os jovens, especialmente as mulheres, enfrentam dentro da internet.

O que a CBS fez

O que a CBS fez

Cobrando o seu preço

Alisson Stokke não queria ser um símbolo sexual, mas isso não a impediu de se tornar um de qualquer forma. Ela achava que o olhar malicioso constante era “muito assustador”.  Você provavelmente pode imaginar o quanto eles precisavam melhorar a segurança da casa para que ela se sentisse segura o tempo todo.

Cobrando o seu preço

Cobrando o seu preço

A sua frustração

Como atleta, ela queria ser conhecida pelas conquistas que conquistou dentro de sua modalidade no esporte. Stokke compartilhou isso com o jornal The Washington Post: “Mesmo que nada disso seja ilegal, tudo parece realmente degradante. Trabalhei tanto para o salto com vara e todas essas outras coisas, e é quase como se isso não importasse. Ninguém vê isso. Ninguém realmente me vê. ”

A sua frustração

A sua frustração

Competidora universitária

Em seu primeiro ano na Universidade da Califórnia em Berkeley, ela conseguiu quebrar o recorde da escola quando saltou 4 metros e meio de altura. No ano seguinte, ela conseguiu adicionar mais meio metro a este comprimento e agarrou o oitavo lugar durante o Campeonato Pac-10. Ela também ficou em sétimo lugar durante o campeonato MPSF Indoor Championships.

Competidora universitária

Competidora universitária

Permanecendo no perfil baixo

Durante o seu primeiro ano, ela decidiu se concentrar mais em seus estudos. Ela continuou participando de competições, no entanto. No momento em que ela atingiu o seu último ano de faculdade, mais uma vez ela pousou em oitavo lugar durante o Campeonato Pac-10. Infelizmente, ela também não se qualificou para o campeonato NCAA.

Permanecendo no perfil baixo

Permanecendo no perfil baixo

Os seus sonhos olímpicos

No ano de 2012, ela estava de olho em competir nas Olimpíadas de Londres. Memso que ela tenha conseguido atingir um novo recorde pessoal depois de saltar 4 metro e meio de altura, ela nem mesmo ultrapassou a altura de abertura durante os testes olímpicos dos Estados Unidos da América. Ai.

Os seus sonhos olímpicos

Os seus sonhos olímpicos

Entrando no mundo do Marketing

Desde então, ela começou a trabalhar como modelo em roupas esportivas. Ela até trabalhou para empresas tão grandes tais como a Nike e a Uniqlo. Além de colaborar com essas marcas, Alisson Stokke também trabalhou em uma série de vídeos para a empresa GoPro. Ela recebeu mais de seis milhões de visualizações no YouTube.

Entrando no mundo do Marketing

Entrando no mundo do Marketing

Encontrando Romance

No ano de 2017, ela começou a sair com Rickie Fowler, um jogador de golfe profissional. Como ela, ele também era considerado um prodígio atlético. No momento em que ele era um adolescente, ele foi classificado como o melhor jogador de golfe amador do mundo! Veja bem, nós achamos que eles são perfeitos um para o outro! Os dois ficaram noivos no mes de junho de 2018.

 Encontrando Romance

Encontrando Romance

Ela ainda compete

Independentemente de sua colocação no ranking nacional, ela continua a competir. No ano de 2016, Alisson Stokke ficou em oitavo lugar durante o Chula Vista OTC High-Performance Meet. Já no ano de 2017, ela conseguiu melhorar o suficiente para conquistar o terceiro lugar durante o campeonato Austin Longhorn Invitational!

Ela ainda compete

Ela ainda compete

ANÚNCIO