Operário Trabalhador Revida Mãe Rude Depois Que Ela Bloqueia Seu Caminhão

PUBLICADO EM 10/05/2020
ANÚNCIO

Essa é a história de uma confusão. Você conhece alguém que se sente confiante de que pode simplesmente se safar de qualquer coisa que faz? Essa pessoa se encontra nessa segunda opção – ele ou ela simplesmente acompanha o fluxo. Essa história se encontra em torno de uma pessoa que também acha que poderia se safar de qualquer coisa. O que ela fez? Ela está certa ou errada? Continue lendo para saber as respostas para essas perguntas. Existem sobretudo duas maneiras de como as pessoas podem viver suas vidas. Algumas vivem suas vidas seriamente, já outras outras apenas seguem o fluxo. Vamos falar sobre o segundo.  Vamos lá!

Trabalho Atrasado

A história começa com um homem que tinha que transportar imenso material de construção para um local morro acima. O seu era um trabalho difícil. Quando ele começou a trabalhar algo o interrompeu, o que tornava tudo muito difícil realizar a tarefa que lhe foi dada. Havia um carro estacionado, de propriedade de uma mulher. Mesmo depois dele perguntar educadamente à mulher se ela poderia mover seu carro por um momento para que ele pudesse continuar subindo com o material de construção, a proprietária do carro dizia que não.

1 Atraso De Trabalho

Trabalho estava atrasado

Um Diferente Projeto

Depois de alguns minutos, parecia que o homem já estava perdendo a paciência. Mesmo assim ele não desistiu e continuou pedindo à mulher que movesse o carro. No entanto, a mulher seguia dizendo não. Sim, ele considerou chamar a polícia, mas isso custaria muito tempo – ele tinha que terminar seu trabalho o mais rápido possível. Foi então que ele decidiu pensar em uma estratégia, que também era uma espécie de vingança, para fazer a mulher dizer sim e mover o carro. Qual seria a idéia que ele havia tido? Como ele poderia resolver esse problema?

2 Um Projeto Diferente

Esse Projeto Era Diferente

A Situacão Do Estacionamento

Para ele, ser mestre de obras não era difícil, porque ele já havia sido contratado como tal muitas vezes. No entanto, o que dificultava sua situação atual era o fato de a casa que eles estavam construindo estar localizada em um local morro acima – eles precisavam transportar todos os seus materiais para o topo da colina. Caso você esteja se perguntando, esse homem  gerenciava uma obra, tendo que transportar materiais grande e muito pesados.

3 Vaga Para Estacionar

Vaga No Estacionamento

Desafios Do Lugar

Imagine transportar materiais pesados de construção apenas caminhando sobre uma superfície de ladeira inclinada – essa deve ser uma das coisas mais desafiadoras a se fazer. Outra coisa que dificultava sua tarefa era o fato de que só havia uma maneira de ele e sua equipe irem para o local onde construíam a casa – eles não tinham escolha a não ser caminhar por um caminho de 250 pés. Muito esforço e muito trabalho!

4 Cumpridos Rapidamente

Desafios

A Mãe Esperando O Filho

Havia até no estacionalemnto do local, uma placa sinalizando a proibição a todos que não estavam envolvidos no projeto de construção à usar aquelas vagas, essas pessoas então, deveriam estacionar somente em horários e lugares pré-estabelecidos. Os caminhões de serviço da construção só podiam ser estacionados ao pé da colina; por isso, tinham duas vagas no estacionamento somente para uso dos trabalhadores da construção civil, ou seja, era prioridade deles.

5 Uma Mãe Esperando Seu Filho

Mãe Esperava Seu Filho

O Problema Das Vagas

Foi revelado que as pessoas que insistiam em estacionar nas vagas reservadas eram pais de estudantes de uma escola próxima – eles estacionavam lá enquanto esperavam seus filhos terminarem suas aulas. Parecia que a presença do sinal de “Proibido estacionar” era ignorada pelas pessoas que moravam lá, porque, embora o estacionamento estivesse reservado para as pessoas envolvidas no projeto de construção, outras pessoas ainda o estavam ocupando. Complicado…

6 Ainda Não Se Mexia

Ainda Não Se Mexia

Agindo De Forma Inteligente

Mesmo que essa situação toda fosse um tanto desorganizada e problemáica, ao contrário dos outros trabalhadores da construção civil que sempre se irritavam com o fato de as pessoas ignorarem o sinal de “Proibido estacionar”, o mestre de obras não ficava tão incomodado com os pais que continuavam estacionando nas vagas reservadas para eles desde que eles não estivessem as usando.

7 Uma Idéia Brilhante

Uma Idéia Inteigente

Parados

Com sua polidez e charme, os pedidos do mestre de obra, no caso de alguém ocupando alguma vaga que ele precisasse, nunca foram rejeitados até ele enfrentar essa mulher em particular que continuava dizendo não. Toda vez que os trabalhadores tinham que estacionar seu caminhão de serviço no sopé da colina e havia alguém estacionando em sua vaga, eles saiam imediatamente do veículo para conversar com o proprietário do carro estacionado e pediam para que a pessoa movesse seu veículo de uma maneira muito educada.

8 Encaixotados

Estavam Parados

Ativando Autoridades

O caminhão de serviço estava prestes a ser estacionado na vaga reservada, mas um carro já estava estacionado nela. Como em qualquer outro dia, o mestre de obras saiu do caminhão e caminhou em direção ao carro estacionado. Ele chegou perto da janela e viu que o proprietário do veículo era uma mulher. Mais um dia chegava e eles tinham que trabalhar novamente e lutar pelo seu sustento.

9 Chamando As Autoridades

Ativando Autoridades

A Raiva Era Ineficaz

Ele acenou chamando atenção da mulher e esperou até a mulher abrir a janela. Assim que chamou a atenção da mulher, ele educadamente pediu que ela movesse o carro porque ele precisava usar aquele espaço que ela estava ocupando. No entanto, mesmo que ele pedisse de maneira muito educada, a mulher continuava dizendo não. Ela nem considerava.

10 Sua Raiva Ineficaz

A Raiva Não Adiantava

Não Voltava Atrás

Parecia que ela estava muito irritada ao dizer: “Vou demorar apenas alguns minutos e sua caminhonete não está aqui, relaxa…”.  Não apenas ela dizia não, mas a mulher também rejeitava o mestre de obras de uma maneira muito indelicada. Embora tenha recebido uma resposta muito indelicada, ele não desistiu e esperou que o caminhão deles se aproximasse do estacionamento. Ela estava embarrerando o trabalho deles.

11 Sem Recuo

Não recuava

Ficou Perplexa

Ele acenou pela segunda vez e esperou até a mulher abrir a janela. Parecia que ela já estava chateada quando gritou: “O QUE?” Depois de alguns minutos, o caminhão de serviço se aproximou da vaga de estacionamento, fazendo o mestre de obras se inclinar pela janela do carro estacionado novamente. Ele continuava tentando conversar com ela e fazê-la entender a situação melhor.

12 Ela Estava Pálida

Estava Perplexa

A Empresa Tinha Política

Ele pediu que ela movesse o carro para outro lugar – mas com uma voz mais alta dessa vez, mesmo depois da atitude rude da mulher. Ele escolhia cuidadosamente cada palavra para que a mulher entendesse. No entanto, a mulher ainda o rejeitou e até disse: “Vocês não podem simplesmente descarregar ao meu redor? Jesus, não é tão difícil “. Essa mulher estava irredutível.

13 Por Política Da Empresa

As Políticas Da Empresa

Não Contendo Sua Raiva

Ele voltou ao caminhão e pediu ao motorista que estacionasse o mais próximo possível do carro da mulher. Ele estava animado para ver como a mulher reagiria. Com sua atitude, o mestre de obras pensou em uma maneira de fazer a mulher estacionar seu carro em outro lugar. Ele criou uma estratégia que também era uma espécie de vingança por sua falta de educação. Como será que ela iria reagir?

14 Mostrando Sua Raiva

Não Escondia Sua Raiva

A Explosão

Com o sorriso visível no rosto, o motorista sabia que o mestre de obras queria fazer algo para pegar a mulher – o caminhão foi estacionado no espaço muito perto do carro da mulher. O motorista seguiu imediatamente todas as instruções que o mestre de obras acabava de dizer.

15 Uma Explosão De Raiva

A Explosão

Estava Incontrolável

No entanto, parecia que a mulher não sabia de nada que estava acontecendo ao seu redor porque estava ocupada demais ignorando o mestre de obras e outras pessoas do lado de fora. Não tenho certeza se você consegue imaginar, mas com dois caminhões estacionados do lado esquerdo e direito da mulher, o carro dela parecia algo preso em uma caixa.

16 Ficando Incontrolável

Estava Incontrolável

Não Conseguia Escapar

Ele deixou suas intenções muito claras e disse: “Nesse momento, eu não estava tentando colocá-la em apuros, só queria um registro da razão pela qual estávamos bloqueando parte da rua, para não ter problemas com a cidade.” Depois dela ter tido uma resposta tão rude, ele estava empolgado em ver como o seu plano acabaria. O próximo passo que ele deu foi ligar para um policial e informá-lo sobre a questão do estacionamento – em suma, causar problemas à mulher.

17 Falha Na Tentativa De Escapar

Não Conseguia Escapar

A Polícia Escutava Mentiras

Tudo em seu plano estava indo muito bem até que ele viu um garotinho vestindo um uniforme escolar se aproximando do carro da mulher – ele finalmente descobriu que era o filho dela. Sentindo a chegada do que ela estava esperando, a mulher imediatamente abriu a porta apenas para descobrir que ela mal conseguia sair do carro. Ele também havia feito a ligação,e o policial disse que chegaria ao local em alguns minutos.

18 Mentindo Para A Polícia

A Polícia Escutava Mentiras

Haviam Consequências

O que você acha? O plano do mestre de obras era demais? Ou a mulher merecia o que aconteceu com ela? Era para ser uma lição para a mulher, mas parecia que tudo estava de cabeça para baixo. O mestre de obras estava esperando a reação da mulher apenas para ver um olhar mortal vindo dela. Como será que essa situação terminaria?

19 Consequências

Haviam Consequências

Retribuindo

O decorrer dos fatos acontecia da seguinte forma: toda a equipe de construção viu como ela estava chateada ao deixar seu filho entrar no veículo. Agora então ela acabava de provar seu próprio remédio. A mulher ficou furiosa. Ela fez o possível para sair do carro pelo banco do passageiro.

20 Retribuição

Retribuindo

A Saga Continua

Depois de levar o filho para dentro do carro, ela imediatamente caminhou em direção ao mestre de obras. Tanto o mestre de obras como o motorista estavam observando todas as ações da mulher. Eles tinham o maior sorriso no rosto ao ver a mulher com tanta raiva por causa do que haviam feito.

21 Retendo

Continua

O Exame Do Espaço

“Estou com muita pressa, você precisa mudar seus caminhões agora para que eu possa ir” ela disse em tom neutro ao mestre de obras, mesmo tendo evidentemente seu corpo já cheio de raiva. Ela olhou em volta – ver como seu carro estava preso no meio desses veículos só a deixou mais furiosa. Claramente ela tinha caído da armadilha preparada pra ela. Essa foi a única forma que esses trabalhadores encontraram de se comunicar com essa mulher, justamente porque não teve abertura para diálogo.

22 Examinando A Cena

Examinando O Espaço

Retorno Épico

O motorista simplesmente disse: “Senhora, para descarregar a madeira no caminhão, tivemos que desamarrar e, de acordo com a política da empresa, não tenho permissão para mover o caminhão com uma carga não segura”. Imagine ouvir essas palavras quando estiver com pressa – quem não ficaria chateado? Parecia que o motorista ficou viciado no plano do mestre de obras porque foi ele quem respondeu. Ele disse algo que fez a mulher perder a cabeça.

23 Retorno Épico

Retorno Épico

O Show

Ela ressaltou que estava com pressa porque tinha que ir a algum lugar. Tanto o motorista quanto o mestre de obras não esperavam que isso ia acontecer. Embora tentasse ao máximo conter todas as emoções, ela não aguentava mais – ela gritava muitos palavrões dirigidos ao motorista. Ela estava fora de controle enquanto gritava cada palavra que estava dizendo.  Claramente a mulher estava muito chateada e, por não estar solícitia a ajudar resolver um problema em que ela mesma estava envolvida, a situação se esalou e deu no que deu.

24 O Espetáculo

O  Show

Menor Idéia

Enquanto a mulher xingava e gritava com os dois, a polícia chegava, e via o motorista e o mestre de obras não fazer nada além de olhar essa mulher tendo um episódio. Você se lembra do policial que o mestre de obras havia chamado mais cedo? Então, os dois viram o policial atrás da mulher – ela não tinha ideia de que havia um policial atrás dela que também ouvia tudo o que ela dizia. Sabendo que o oficial já estava no local, o mestre de obras respondeu em um tom muito calmo e inocente. Infelizmente essa foi uma situação que só pode ser resolvida com a presença da polícia.

25 Nenhuma Idéia

Menor Idéia

ANÚNCIO